13h30 às 17h30

Segunda a sexta-feira, ou em horário agendado

(47) 3288-3410

 
Urbaneski & Cani Advocacia e Consultoria Jurídica > Publicações  > Artigo: O que os bancos de dados de identificação pessoal têm a ver com a biopolítica?

Artigo: O que os bancos de dados de identificação pessoal têm a ver com a biopolítica?

O que os bancos de dados de identificação pessoal têm a ver com a biopolítica?

 

A temática da biopolítica é objeto de estudos do sócio Luiz no mestrado. A teoria da biopolítica, do exercício do biopoder, é uma importante chave de leitura para interpretar o funcionamento do estado, sobretudo das ações na área criminal.

 

Nesse artigo, o sócio Luiz, em conjunto com o orientador de mestrado, professor Sandro Luiz Bazzanella, fez apontamentos iniciais sobre a criação de bandos de dados de identificação pessoal como instrumentos para implementação da biopolítica.

 

Consulte-nos para saber mais sobre nossas publicações.

 

Giorgio Agamben e a biopolítica

 

A temática da biopolítica foi objeto de estudo de Michel Foucault, filósofo francês falecido precocemente. O jurista de filósofo Giorgio Agamben dedica-se ao estudo da biopolítica. A obra desses autores serve de referência para o estudo da temática.

 

Acesse o artigo neste endereço: http://www.vocenoticias.com/ler-coluna/198/o-que-os-bancos-de-dados-de-identificacao-pessoal-tem-a-ver-com-a-biopolitica.html.

Comentários